terça-feira, 24 de março de 2009

I Mutirão e Oficina permacultural foi um sucesso!

Para começar, pedimos a benção de Iemanjá na praia da Gamboa. Nossa mãe foi muito receptiva, com um mar transparente e acolhedor. Pegamos alguns Jacka-roots [jacarés] e partimos com a alma lavada por Ieman-Jah!

Seguimos para a Montanha encantada e iniciamos os trabalhos com um Nyahbinghi para nos sintonizarmos com a energia do local. A Positiva Vibração se fez presente e guiou todos nós no serviço RastafarI.

Depois da benção de Iemajá, foi a fez de Oxóssi e os caboclos da floresta nos iluminarem e derramarem suas bençãos para que pudessemos fazer um bom serviço à Mãe Natureza e a nossos Ir-mãos!
Nestas duas fotos, pode-se perceber um pouco da estrutura do local, como a Geodésica e a Tipí.

Na foto acima vemos o I-rmão Lucas Porto iniciando a limpeza do terreno em frente ao palco, para que pudessemos fazer um aterro onde será a "pista" de dança do reggae roots.
Acima: Pedro, Ras Carlinhos e Lucas continuando a preparação do aterro.

Acima, Lucas e Pedro testando o aterro quase pronto: dançando um reggae roots.

Acima: depois que Julia e Fernanda retiraram a lona da Geodésica para manutenção, o espaço ficou assim. A lona da Tipi também foi retirada para manutenção.

Acima: o trabalho continua; Lucas, Fernanda, Julia e Ras Carlinhos preparando mais dois ateros e separando lenha.



 À esquerda, Lucas e Carlinhos na construção da escada/pista de dança em frente ao palco. Ao fundo, pode-se ver a casa em construção que servirá de palco para as bandas durante o festival.


À direita, Julia e Fernanda mostrando o poder feminino e limpando galhos secos e cipós que estavam enrosacados em uma árvore em frente ao palco.






Pode-se ver como ficaram as escadas e o aterro em frente ao palco-casa.

Além de todo este trabalho mostrado nas fotos, também colhemos 8 varas de bambu para serem usadas nas estruturas do Festival.








Depois de todo esse trabalho, fomos abençoados com uma verdadeira praxada I-tal orgânica vegetariana feita pelo mestre cuca Pedro, que foi o responsável pela ativação da cozinha no local, com apoio da Fernanda, que depois de tanto trabalho, fez um pratão de comida bem arregado!





Para fechar os trabalhos, pedimos a benção de mamãe Oxum nas águas da cachoeira da Encantada. Foi assim que encerramos nosso serviço do final de semana e voltamos para casa.

Fotos por Gabriel Dread

2 comentários:

Jonas Fragoso 30 de janeiro de 2014 08:49  

TOP EM!! QUERIA FAZER PARTE DE UMA PARADA DESSA!! BOM MESMO DEVE SER FICAR UM MES NUM MATO DESSE!! DEU SAUDADE DE ACAMPAR NO RIO IBICUI!

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO  

Real Time Web Analytics